Um livro de cada país do mundo

Há uns anos, a Camila Navarro, blogueira do Viaggiando, começou um projeto interessantíssimo chamado 198 Livros. Inspirada por uma escritora inglesa, ela se propôs a ler um livro de cada país do mundo como uma forma de aumentar seu repertório de escritores, de pontos de vida e de narrativas sobre determinadas partes do planeta. Assim que eu fiquei sabendo do projeto, me empolguei também e fui logo sortear um número de 1 a 200 para decidir qual seria minha próxima leitura. A sorteada foi a a Palestina e eu mergulhei nas páginas de Mornings in Jenin, da escritora Susan Abulhawa, o que me ajudou a entender melhor o conflito e a situação das pessoas que vivem naqueles lados.

Eu, no entanto, não queria assumir esse objetivo em público. Em primeiro lugar porque é o tipo de coisa que eu demoraria anos para acabar e corria o maior risco de largar mão na metade. Mesmo assim, sempre que eu lia um livro que se encaixava nos meus critérios de uma volta ao mundo literária, eu ia lá e riscava o país da minha lista. Foram poucos até agora, 14 só. Porque né, eu vivo metendo outras leituras que não tem nada a ver com essa meta no meio (e não vou parar com isso). No entanto, o objetivo de fechar a lista continuou rondando minha cabeça.

Quando eu escrevi o post sobre as coisas que eu queria alcançar nessa minha nova década de vida, mencionei que gostaria de ler um livro de cada país do mundo e a leitora Tamires pediu nos comentários para que eu compartilhasse a lista aqui. Aí está.

Update! Contagem de livros em 21/05: 17/199

(Esse post será atualizado com novos livros)

  1. Afeganistão – A Cidade do Sol, Khaled Hosseini
  2. África do Sul
  3. Albania
  4. Alemanha
  5. Andorra
  6. Angola
  7. Antígua e Barbuda
  8. Arábia Saudita
  9. Argélia
  10. Argentina – Bestiário e Histórias de Cronópios e Famas, Julio Cortazar
  11. Armênia
  12. Austrália
  13. Áustria
  14. Azerbaijão
  15. Bahamas
  16. Bahrein
  17. Bangladesh
  18. Barbados
  19. Bélgica
  20. Belize
  21. Benin
  22. Bielorússia – Vozes de Tchernobyl, Svetlana Alexievich
  23. Bolívia
  24. Bósnia e Hezergovina
  25. Botsuana
  26. Brasil – Capitães da Areia, Jorge Amado
  27. Brunei
  28. Bulgária
  29. Burquina Fasso
  30. Burundi
  31. Butão
  32. Cabo Verde
  33. Camarões
  34. Camboja
  35. Canadá
  36. Cazaquistão
  37. Chade
  38. Chile – A Casa dos Espíritos, Isabell Allende
  39. China – Mudança, Mo Yan
  40. Chipre
  41. Colômbia
  42. Comores
  43. República Democrática do Congo
  44. Congo
  45. Coréia do Norte
  46. Coréia do Sul
  47. Costa do Marfim
  48. Costa Rica
  49. Croácia
  50. Cuba
  51. Dinamarca
  52. Djibuti
  53. Dominica
  54. Egito
  55. Emirados Árabes Unidos
  56. El Salvador
  57. Equador
  58. Eritreia
  59. Eslováquia
  60. Eslovênia
  61. Espanha – A Sombra do Vento, Carlos Ruiz Zafón
  62. Estados Unidos – O Sol é para Todos, Harper Lee
  63. Estônia
  64. Etiópia
  65. Fiji
  66. Filipinas
  67. Finlândia
  68. França
  69. Gana
  70. Gabão
  71. Gâmbia
  72. Geórgia
  73. Granada
  74. Grécia
  75. Guiana
  76. Guatemala
  77. Guiné
  78. Guiné Equatorial
  79. Guiné Bissau
  80. Haiti
  81. Honduras
  82. Hungria
  83. Iêmen
  84. Islândia
  85. Índia
  86. Indonésia
  87. Irã – Persépolis, Marjane Satrapi
  88. Iraque
  89. Irlanda
  90. Israel
  91. Itália
  92. Jamaica
  93. Japão
  94. Jordânia
  95. Kiribati
  96. Kosovo
  97. Kwait
  98. Laos
  99. Lesoto
  100. Letônia
  101. Líbano
  102. Libéria
  103. Líbia
  104. Listenstaine
  105. Lituania
  106. Luxemburgo
  107. Macedônia
  108. Madagascar
  109. Malawi
  110. Malásia
  111. Maldivas
  112. Mali
  113. Malta
  114. Marrocos
  115. Ilhs Marshall
  116. Mauritânia
  117. Mauricio
  118. México
  119. Micronésia
  120. Mauritânia
  121. Moldava
  122. Mônaco
  123. Mongólia
  124. Montenegro
  125. Moçambique – A Confissão da Leoa, Mia Couto
  126. Myanmar
  127. Namíbia
  128. Nauru
  129. Nepal
  130. Nicarágua
  131. Níger
  132. Nigéria – Americanah, Chimamanda Adichie
  133. Noruega
  134. Nova Zelândia
  135. Omã
  136. Países Baixos
  137. Palestina – Mornings in Jenin, Susan Abulhawa
  138. Paquistão
  139. Palau
  140. Panamá
  141. Papua Nova Guiné
  142. Paraguai
  143. Peru – Lituma dos Andes, Mario Vargas Llosa
  144. Polônia
  145. Portugal
  146. Qatar
  147. Quênia – Sonhos em Tempo de Guerra, Ngugï wa Thiong’o
  148. Quirguistão
  149. Reino Unido – Febre de Bola, Nick Hornby
  150. República Centro Africana
  151. República Tcheca – A Insustentável Leveza do Ser, Milan Kundera
  152. República Dominicana
  153. Romênia
  154. Ruanda
  155. Rússia
  156. Ilhas Salomão
  157. Saara Ocidental
  158. San Marino
  159. San Cristóvão e Neves
  160. Santa Lúcia
  161. São Tomé e Príncipe
  162. São Vicente e Granadinas
  163. Samoa
  164. Senegal
  165. Sérvia
  166. Serra Leoa
  167. Seichelles
  168. Singapura
  169. Síria
  170. Somália
  171. Sri Lanka
  172. Suazilândia
  173. Sudão
  174. Sudão do Sul
  175. Suécia
  176. Suíça
  177. Suriname
  178. Tajiquistão
  179. Tailândia
  180. Taiwan
  181. Tanzânia
  182. Tibet
  183. Timor Leste
  184. Togo
  185. Tonga
  186. Trindade e Tobago
  187. Tunísia
  188. Turquemenistão
  189. Turquia
  190. Tuvalu
  191. Ucrânia
  192. Uganda
  193. Uruguai – As Veias Abertas da América Latina e Giramundo, Eduardo Galeano
  194. Uzbequistão
  195. Vanuatu
  196. Venezuela
  197. Vietnam
  198. Zâmbia
  199. Zimbabue

6 Comments

  1. Que projeto legal! Vou fazer algo do tipo também, sem pretensões, um projeto a ser cumprido ao longo da vida! Mas que vai enriquecer muito nossa visão de mundo! Abraços! =)

  2. Eu sabia que você tava com um pezinho nesse projeto!

    Eu também fico metendo trocentas outras leituras no meio. Acho até fico enrolando porque não quero que essa brincadeira acabe. =)

  3. Hortênsia Fracalanza

    22 de fevereiro de 2018 at 06:39

    John Maxwell Coetzee é um escritor Sul -Africano que eu recomendo como sua próxima leitura. Dos vários livros dele que já li, o que mais gostei foi Desonra.
    Boa jornada!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© 2018 Oxford Comma

Theme by Anders NorenUp ↑