Faz muito tempo que eu tenho aquele formulário de newsletter ali do lado. Desde o início do blog, acho. Durante todos esses anos, ele ficou ali. Recebeu uns poucos emails, gente que talvez esqueceu-se de que tinha assinado.

Na semana passada, finalmente deixei de procrastinar e enviei a primeira edição da Vírgulas Rebeldes, minha uma newsletter que se propõe a ser um exercício de escrita com um toque bastante pessoal. Se você não estava na lista, pode ler a primeira edição aqui. E, se gostar, não deixe de se inscrever para as próximas. 🙂